JUDI BOLOS ARTÍSTICOS

A História da Judi

 

Há 20 anos, a cunhada da Judi, Cláudia, ia se casar. A festa seria simples e a Judi iria fazer o “bolo da moda”, um bolo de morango inspirado no casamento do piloto de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi.

 

Esta cunhada é para Judi a filha que ela não teve. Judi a conhece desde pequena e nutre um carinho e amor muito grande por ela. Portanto, queria surpreendê-la, fez um curso de boleira em três dias para confeccionar o bolo de casamento dos noivinhos. O resultado foi um lindo bolo de cinco andares.

 

A partir deste dia o gosto e a paixão de criar lindos bolos foi aflorando cada vez mais, incentivada também pela professora Vanir Petter, grande mestra de técnica impecável, que formou a Judi e a transformou no sucesso que é hoje.

 

E com muita humildade e dedicação, hoje a Judi Bolos Artísticos é a empresa especializada em bolos e bem casados mais reconhecida de Curitiba, e a Judi está sempre de braços abertos para receber suas queridas clientes.

A História do Bolo

 

Acredita-se que a elaboração dos bolos exista desde o Antigo Egito, na forma

de pães adoçados com xarope de frutas, tâmaras e passas, e que, os gregos e romanos aperfeiçoaram.

 

Na Roma Antiga era tradição servir bolos em casamentos, tradicionalmente usados como oferenda aos deuses para atrair prosperidade, sorte e fertilidade. Este costume foi levado por Júlio César para a Bretanha, em 54 a.C., e passou a fazer parte dos hábitos das populações locais. Os bolos decorados apareceram pela primeira vez na Inglaterra na corte de Elizabeth I.

 

As primeiras receitas que se tem registro e a que mais se aproxima dos bolos de hoje é uma receita italiana, de bolo de amêndoas, servida em Nápoles, em 1478.

A Itália é considerada a precursora na arte de bolos decorados. Quando Catarina de Médici se casou com o rei na França, Henrique II levou como dote confeiteiros, e seu bolo de casamento foi o primeiro a ser confeccionado em andares.

 

Fonte: Laboratório de Estudo Experimental dos Alimentos (LEEA)

 

 

O Bem-casado

 

O Bem-casado é um doce bastante peculiar, sua massa é muito macia e,

o recheio é normalmente de doce de leite ou baba de moça.

 

No Brasil, ele veio com a colonização portuguesa e a descendência indireta do multicentenário alfajor árabe. Após longos anos, este doce acabou se tornando algo tradicional nas festas de casamento.

 

Dizem que o bem-casado é servido no final das festas de casamento para trazer sorte e prosperidade aos noivos recém-casados, simbolizando assim, a união e o compromisso mútuo entre os pares.

 

Fonte: Wikipedia

 

 

Foto: Arquivo pessoal Judi | Primeiro bolo feito pela Judi Bolos Artísticos

Encomendas

(41) 3267-1107

(41) 9956-7375

Siga a Judi no FB

© 2014 por